COMO CONSTRUIR UMA GRANDE EMPRESA

 

Em praticamente todas as situações da vida, acredito que é na simplicidade que se esconde a sabedoria. Na base das teorias de desenvolvimento empresarial criadas nas escolas de negócios mundo afora, acredito que estejam coisas simples e efetivas e que estão ao alcance de qualquer empreendedor. A seguir, compartilho algumas crenças pessoais a esse respeito:

  1. Acredite nas pessoas

Uma empresa é feita de seres humanos. Todo o resto é acessório. Acredite na capacidade das pessoas de contribuir, construir, realizar. Acredite no seu potencial e, como líder, proporcione a elas a melhor condição possível para que elas possam dar o seu melhor. Lembre-se que são essas pessoas que empregarão toda e qualquer tecnologia, agregando a inteligência e a sensibilidade necessárias para que bons resultados sejam gerados. Sem isso, toda tecnologia é obsoleta e inócua.

 

  1. Busque obstinadamente a simplicidade

A afirmação de Da Vinci talvez seja uma das maiores lições a serem aplicadas ao mundo corporativo, e porque não, à vida em geral: o máximo da sofisticação é a simplicidade. As melhores ideias são as que todos entendem. As melhores contribuições são as que parecem óbvias (não por acaso um traço evidente de sabedoria é enxergar o óbvio antes que os outros o façam). Nunca complique o simples. Jamais caia na armadilha de se deixar levar por uma linguagem sofisticada ou pela impressão de complexidade embutida em certas propostas. A ideia em pauta pode ser compreendida por um leigo no assunto? Se sim, ótimo. Do contrário, não serve!

 

  1. Amplie as referências

A única coisa capaz de limitar até onde um indivíduo ou uma empresa podem chegar são suas referências. Se as referências são limitadas, o caminho também o será. Amplie-as sempre e constantemente. O mundo não possui fronteiras há muito tempo. O conhecimento (e as referências…) estão a um clique de distância após o surgimento da Internet. Se você estabeleceu uma referência de classe mundial e conseguiu atingi-la, ótimo! Amplie-as. Sempre e mais! Sonhar pequeno e sonhar grande dá exatamente o mesmo trabalho.

 

  1. Delegue

Super-heróis só existem nas histórias em quadrinhos e no cinema. Na vida, ninguém faz nada sozinho. Por isso a capacidade de delegar é imprescindível para um líder que busca construir uma grande empresa, formada por grandes seres humanos.

 

  1. Ouse

O mundo está cercado de bons motivos para que você não faça o que precisa ser feito. Repleto de armadilhas que consomem energia das pessoas e das organizações arrastando-as para o comodismo. Fuja dessas armadilhas. O desenvolvimento de qualquer empresa envolve risco. É preciso ter consciência disso e, até certo ponto, é preciso ter atração pelo risco. Risco ponderado, avaliado e consequente, é claro. Mas assim como não há energia sem atrito, não há crescimento sem risco. Isso só se faz com razoável dose de ousadia. Ousadia para pensar diferente, para fugir dos padrões, para fazer o que os outros acham impossível.

 

  1. Inspire

Ninguém pode se apaixonar por um trabalho cujo único objetivo seja colocar dinheiro no bolso do dono da empresa no final do mês e pagar um salário razoável aos colaboradores. Seres humanos só dão o seu melhor se estiverem engajados em causas maiores, que falem não apenas às suas mentes, mas aos seus corações. Se você quer construir uma grande empresa, baseie esse desenvolvimento em algo maior, que faça sentido coletivamente e que esteja, de alguma maneira, conectado a causas maiores. A forma mais efetiva de liderança passa pela capacidade do líder de inspirar seus liderados.

 

  1. Crie sonhos compartilhados

Praticamente uma complementação da anterior, a criação de sonhos compartilhados é, talvez, o fator com maior potencial de inspirar colaboradores. Se você acha que seu colaborador vai compartilhar o seu sonho de comprar uma mansão na praia com um iate na marina, pense outra vez. Sonhos compartilhados necessariamente se conectam com o bem maior, com a busca de uma sociedade melhor e dentro da qual, de alguma maneira, o sonho compartilhado por todos em uma organização desempenha algum papel relevante.

 

  1. Seja implacável com a mediocridade

Nada aniquila uma empresa mais rapidamente do que a mediocridade. O termo pode parecer forte, mas ser medíocre nada mais é do que ser mediano. Você quer uma vida mediana pra você? Para os seus filhos? Sonha viver em uma sociedade mediana? Se você concorda que essas aspirações não são válidas, comece a se perguntar de que forma sua empresa construirá uma história que a diferenciará das demais, que a colocará em uma posição de destaque. E lembre-se: pessoas medianas não constroem grandes empresas. Não tolere indivíduos com comportamento predominantemente medíocre, se você quiser construir uma grande empresa.

 

  1. Trabalhe!

Essa é óbvia. Já diz o ditado que o único lugar onde sucesso vem antes de trabalho é no dicionário. Podem haver exceções (raras!), mas no mundo real, sucesso pressupõe trabalho árduo, dedicação, entrega e perseverança.

 

  1. Exija verdade e transparência

A única coisa ainda pior do que uma mentira é uma meia verdade. Grandes empresas conseguem criar ambientes de confiança, onde não há nada que não possa ser dito e onde a única coisa que importa é a verdade. Neste tipo de ambiente os problemas são tratados abertamente, críticas não são personalizadas e são percebidas com naturalidade. Ainda que doa, esse tipo de postura faz com que, no final do dia todos tenham crescido.

 

  1. Seja espontâneo

Quem disse que o ambiente de trabalho precisa ser chato e austero? Passamos mais da metade das nossas vidas nesse ambiente. Alguém sonha em passar metade da vida em um ambiente sisudo, carrancudo, tedioso? Cultive uma postura espontânea, aberta, descontraída. Espalhe essa postura pela empresa. Incentive-a nos seus colaboradores. O resultado virá na forma de equipes mais motivadas, inspiradas e dispostas a fazer a diferença.

 

  1. Contrate pelas atitudes

Toda e qualquer competência técnica pode ser ensinada. Com paciência e perseverança, tudo se aprende. Entretanto, é muito difícil transformar as atitudes que constituem o padrão de comportamento em um ser humano. Aqui, não há juízo de valor, tampouco há certo ou errado. Mas se você tem claro o tipo de atitude que espera dos seus colaboradores, busque, antes de qualquer coisa, identificar essas atitudes quando for contratar as pessoas que comporão o seu time.

 

  1. Tenha medo

Quem disso que ter medo é para os fracos? Os grandes vencedores manifestam expressamente a presença constante do medo em suas vidas. Por uma razão muito simples: é o medo que obriga os indivíduos a se prepararem cada vez melhor para enfrentar os desafios; é o medo que prepara o corpo e o espírito para as batalhas. O medo transformado em pânico paralisa. Mas a ausência de medo não é coragem, e sim loucura.

 

  1. Por fim, pergunte-se todos os dias: qual será o seu legado?

Essa é uma questão de escolha pessoal, mas se você deseja construir uma grande empresa, penso que ela seja de extrema relevância. De forma simples, legado é o que uma pessoa deixa quando morre. A definição é autoexplicativa. Pelo que você será lembrado? Pelo que a sua empresa será lembrada? Que exemplo ficará quando você não estiver presente? O que você e sua empresa deixarão para os que virão na sequência, inclusive seus filhos, se você os tiver?